Homicidômetro 2018



Sob forte emoção, corpo da menina Lavínia é sepultado em Duque de Caxias

Rio - O corpo da menina Lavínia, de seis anos, foi sepultado nesta quinta-feira sob aplausos, músicas religiosas e muita emoção de aproximadamente 400 familiares e amigos no cemitério Corte 8, em Duque de Caxias, na Baixada Fluminense.

Muitos cartazes e flores foram colocados próximo ao local do sepultamento como forma de homenagem a Lavínia. A cerimônia ainda contou com a presença da professora, dos alunos e amigos de classe da menina, que foram dispensados das aulas nesta quinta-feira e vestiam camisas pretas. De acordo com o professora, as crianças preparavam uma festa para a menina, pois acreditavam em seu retorno.



Muito abalado, o pai de Lavínia, Rony dos Santos Oliveira, chegou ao cemitério amparado por amigos e não passou bem. Ele ainda tentou permanecer no local, mas foi retirado em decorrência de seu estado de saúde. A mãe da menina, Andréia Azeredo, ainda chegou a consolá-lo.
Corpo encontrado em quarto de hotel
Lavínia foi encontrada morta, na manhã de quarta-feira, sob a cama de um dos apartamentos do Hotel Municipal, localizado no centro de Duque de Caxias. De acordo com informações colhidas pelos peritos do Instituto de Criminalística Carlos Éboli (ICCE), Lavínia teria sido morta por asfixia mecânica, já que foram encontradas marcas no pescoço da menina em decorrência de enforcamento causado pela utilização de um cordão de tênis.



Luciene Reis, de 24 anos e mãe de três filhos, já era suspeita e havia negado a autoria do crime quando questionada pela Polícia Civil. Ela acabou presa por volta de 11h30 de quarta-feira, horas depois que o corpo da menina foi descoberto. No início da noite confessou o crime - as autoridades obtiveram imagens do circuito interno de um ônibus que mostram a suspeita conduzindo Lavínia.

A menina Lavínia havia sido levada da casa dos pais, no início da semana, e vinha sendo procurada por policiais da 60ª DP (Campos Elísios) onde o caso do desaparecimento era investigado.

Fonte: O DIA ONLINE
Share:

Nenhum comentário:

Reportágens

Últimas

Postagens mais visitadas