Homicidômetro 2018



Ex adivogado do goleiro Bruno é eleito "mala do ano" em MG e vira "Malércio Quaresma"

Por: Rayder Bragon

O advogado Ércio Quaresma, ex-defensor do goleiro Bruno Souza, foi eleito o “mala do ano” pelo “Clube dos Malas”, da cidade de Rio Novo (300 km de BH).
Ele vai suceder o ex-governador de Minas Gerais Aécio Neves (PSDB), que recebeu a “honraria” no ano passado. Quaresma vai ocupar o cargo de “presidente de honra” do clube e vai exercer a função em 2011 sob o apelido de “Malércio Quaresma”.

Fundador do clube, Allan Borges disse que a honraria dada ao advogado vai ajudá-lo porque “ultimamente, ele estava meio esquecido. Agora ele vai ser lembrado de novo”. E foi justamente esse quesito (aparições) que fez com que a escolha recaísse sobre Quaresma nesse ano.

“Ele foi escolhido por unanimidade. Ele quis aparecer mais que os malas daqui. Ele brigou de todas as formas para colocar o nome dele em evidência”, brinca Borges.
O fundador da instituição, criada há 16 anos, revelou que a cerimônia de entrega do título a Quaresma terá cardápio inspirado no caso do sumiço de Eliza Samudio, ex-amante do goleiro.
“Nós vamos fazer um rega-bofe. O cardápio será cachorro-quente com macarrão na pedra”, disse o dirigente. Segundo ele, a brincadeira originou-se em alusão ao fato de supostamente a moça ter tido partes do corpo devoradas por cachorros da raça rottweiler. A massa servida será em homenagem a Luiz Henrique Romão, secretário de Bruno e conhecido como Macarrão, um dos réus no processo sobre o sumiço dela.
A pedra, que servirá como suporte para o preparo da massa, segundo Borges, foi escolhida pelo fato de Quaresma ter admitido ser viciado em (pedra de) crack.
Ele adiantou que a homenagem será feita no dia 13 do mês que vem, em Belo Horizonte.
“Nós vamos levar ao menos uma maria-chuteira, além de outras brincadeiras que estamos bolando. Nós vamos convidá-lo ainda para vir à nossa cidade. Nós temos uns casos aqui que necessitam de uns advogados malucos”, disse entre risadas o fundador do clube.
No entanto, Borges guarda certa amargura de alguns “eleitos”. Ele confidenciou ter sido poucos os “agraciados” que receberam a comitiva encarregada da outorga.
“Nós fazemos essa brincadeira há 16 anos, mas foram poucos os que nos receberam. Acho que foram só o (deputado cassado) Roberto Jefferson e o (ex-presidente da República) Itamar Franco”, disse.
“Para o Roberto Jeferson nós preparamos língua de boi à Roberto Jefferson, por causa da língua fofoqueira dele no escândalo do Mensalão”, relembrou.
Quaresma se juntará a grupo de personalidades que já passaram pela “afamada” cadeira de presidente de honra do clube, como os apresentadores Gugu Liberato e Faustão e a socialite Vera Loyola. Ele será procurado no escritório onde trabalha, prometeu Borges.
Share:

Nenhum comentário:

Reportágens

Últimas

Postagens mais visitadas

Arquivo do blog