Homicidômetro 2018



Drica Moraes sonha dar um irmãozinho para Matheus

Atriz conversou com Renata Ceribelli e falou sobre a vida, o tratamento e seus planos para o futuro.

Em entrevista concedida para Renata Ceribelli e exibida no Fantástico deste domingo, 31, Drica Moraes falou pela primeira vez sobre sua vitoriosa luta para vencer a leucemia.
Feliz por estar novamente em contato com os bastidores da televisão, ela falou sobre o drama de receber a notícia da doença, os momentos de tristeza e revolta e a felicidade de poder seguir adiante.
“Foram120 dias de hospital, janela lacrada, toque zero… Fiquei dois meses sem escovar os dentes… As pessoas podiam chegar.  A solidão aparentemente assusta, mas é o lado onde você encontra força.”
"Teve um dia que eu fiquei com meu namorado, coloquei uma musiquinha e fiquei só assim com ele, seduzindo com o olhar.”
“Fiquei com muita raiva, comecei a jogar coisas na parede. Mateus (o filho de um ano) foi meu norte, minha bússola. Era o rosto dele, o sorriso dele que, quando eu fechava meu olho, eu dizia: é por ele que estou aqui.”
Sobre a espera por um doador de medula: “As duas parecem uma grande Copa do Mundo, onde a bola é a sua vida.”
“A vida melhora muito se você não morre. Você abre seu olho para o que importa, você tira metade da sua vida que não prestava. Eu tenho amigos para todos os lados, eu tenho uma profissão linda que eu estou louca para voltar, estou cheia de ideias, cheia de propostas. Sou uma nova Drica e com grandes projetos. O próximo deles é continuar na fila de adoção e trazer um irmãozinho para o Mateus.”
No dia 10 de fevereiro deste ano, Drica foi internada depois de sentir dores e enjoos. Após uma bateria de exames, foi constatado que ela estava com leucemia. Foram 120 dias internada no hospital.
Seu mais recente trabalho na televisão foi na minissérie "Decamerão - A comédia do sexo", exibida em julho de 2009 pela Globo.



Fonte: O Fuxico
Share:

Nenhum comentário:

Reportágens

Últimas

Postagens mais visitadas